Federação Paranaense de Futebol

Na Série B do Amador, Vila Fanny conquista título no adulto, enquanto Desportivo Paranaense é o campeão no juvenil

blank

Na tarde deste sábado, 15, aconteceram as decisões da Série B do Campeonato Amador da Capital, nas categorias juvenil e adulto. Com a presença do presidente da Federação Paranaense de Futebol, o Desportivo Paranaense foi campeão juvenil, enquanto o Vila Fanny conquistou o título no adulto. 
 
Juvenil
Shabureya e Desportivo Paranaense foram a campo às 13h15, no Estádio Ismael Gabardo. Com a vantagem de ter vencido a primeira partida por 3 a 0, o Desportivo Paranaense repetiu a vitória, desta vez por 2 a 0, e conquistou o troféu. Os gols  da partida foram marcados por Brayan, aos 9’ e aos 28’ do segundo tempo. 
 
A equipe foi campeã com 12 vitórias em 18 jogos disputados. Além disso, empatou três jogos e perdeu outros três. No total, foram marcados 36 gols e sofridos outros seis, o que resultou em um saldo positivo de 30 gols. 
 
O artilheiro do certame juvenil foi Danilo, do GR Ipiranga, que marcou 13 gols. Já o goleiro menos vazado foi Victor Hugo, do Desportivo Paranaense, que sofreu uma média de 0,27 gol por jogo. 
 
Adulto
Vila Fanny e União Vila Torres foram a campo às 15h30, com ampla vantagem do Vila Fanny, que havia vencido o primeiro jogo por 5 a 1. Neste sábado, com 1 a 0 no placar, a equipe garantiu o título da competição. As duas equipes já haviam conquistado o acesso à primeira divisão do amador curitibano ao chegar na final. 
 
Neste sábado, Cleison marcou o único gol da partida, que garantiu o troféu, entregue pelo presidente da Federação Paranaense de Futebol, Hélio Pereira Cury. A equipe conquista o título de forma invicta após vencer 14 dos 18 jogos e empatar apenas quatro vezes. Foram marcados 55 gols e sofridos 15, ficando com um saldo positivo de 40 gols. 
 
O artilheiro do campeonato adulto foi Igor Dias, do Bangú, que anotou 12 gols. Já o goleiro menos vazado foi Ricardo, do Urano, com média de 1,06 gol sofrido por partida. 
 
Premiação
A premiação das finais foi entregue aos campeões, vice-campeões, artilheiros e goleiros pelo presidente da FPF, Hélio Pereira Cury, que esteve acompanhado pelo assessor Robson Seerig, e pelo gerente de competições da entidade, Orlando Colaço. 
 
O troféu entregue ao campeão do adulto levou o nome de Sebastião Emílio de Faria Neto, que foi presidente do Vila Hauer e fez história no futebol amador de Curitiba. Seu filho, Christiam Faria, também participou da entrega da premiação. 
 
Fotos: Yuri Casari/Do Rico ao Pobre